Ir para o conteúdo

Prefeitura de Mendonça - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
15
15 ABR 2021
SAÚDE
Artigo: Saúde Mental, durante a pandemia
enviar para um amigo
receba notícias

O ano de 2020 não foi fácil, fomos bombardeados com a pandemia no mundo inteiro, fomos obrigado a nos adaptar em pouco tempo, de lá para cá nós reinventamos, porém achamos que iríamos ser um pouco melhor, a vacina ficou pronta, nascia a esperança. O ano de 2021 começou, e com ele veio a segunda onda da pandemia, ainda mas pior do que o ano anterior, estamos atravessando um período assustador, estamos enfrentando uma guerra invisível, onde nosso inimigo não tem cara formalmente, ele é um vírus que está contaminando cada dia mais as pessoas.

Estamos passando por momentos muito difíceis, de incerteza, frustração, medo, dor, tristeza, angústia…, Mas triste, perdendo pai, mãe, filhos, tios, tias, primos, avós, avôs, netos, irmãos, amigos, vizinhos...empregos, casas, empresas, fonte de renda... esses vírus está levando muitas coisas, em cada pessoa está deixando suas marcas, gerando consequências dolorosas para todos.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o país que mais apresenta predomínio para os transtornos mentais, sendo o país considerado o que mais apresenta transtornos de ansiedade no mundo. A pandemia engloba vários índices preocupantes, não apenas o aumento dos transtornos mentais, mas como aumentos dos sintomas psíquicos e do sofrimento psicológicos. Cada pessoas reage de maneira diferente diante de situações estressantes que a pandemia vem causando, essas experiências traumáticas estão associadas às medidas que precisamos a nós adaptarmos, como a mudança na rotina de trabalho e nas relações afetivas, o distanciamento social, consequências econômicas, estresse induzido pela mudanças, o contágio das pessoas por essa doença e as
mortes de conhecidos e familiares. Tudo isso impacta para o aumento dos transtornos psíquicos e do sofrimento psicológico.

Algumas ações no cotidiano podem ajudar a lidar no processo da pandemia e no distanciamento social. Aqui vai algumas dicas:


● Planeje sua rotina, mesmo que fique dentro de casa: estabelecer horários para se levantar até o deitar são essencial para não sair fora do controle, mantenha os cuidados usuais e com sua alimentação.

● Limita um tempo para as notícias: É importante estar informado, porém verifica se todas as notícias são verdadeiras e reserva um tempo para essas notícias não o dia inteiro .

● Identifique seus pensamentos: É normal se sentir angustiado, assustado, triste, diante do que estamos vivendo. Saber lidar com seus pensamentos e emoções é fundamental, não se cobre para estar bem o tempo todo.

● Faça atividades relaxantes: como escutar músicas, assistir filmes e séries, fazer meditação e exercícios físicos , ler livros, fazer cursos online.

● Cultive os laços afetivos: aproveite a convivência familiar; mantenha contato com amigos por mensagens, ligações ou vídeos. Telefone para alguém com quem não conversa há muito tempo.

● Lembre-se que você não está sozinho, todos estamos passando pela mesma situação, por isso é fundamental cumprir as restrições impostas no momento, que são também para cuidar de você, de sua família e evitar contaminações. Aceite o momento presente e lembra-se que tudo vai passar.

Priorize sua saúde física, mental e seu bem estar, coloque em prática aquilo que funciona para você. Mas se estiver passando por algum sofrimento, procure ajuda de um profissional.

 

Artigo de Fabiana Generoso da Silva
Psicóloga 18/03830

(66) 9.9644-3452
(17) 9.8843-1750
@fabgenerosopsico

Fonte: Psicóloga Fabiana Generoso da Silva
Seta
Versão do Sistema: 3.2.10 - 11/01/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia